Só um Bukowski da vida

– Acabou-se – disse ela. – Não durmo contigo nem mais uma noite.

– Muito bem. Fica lá com a tua rata. Não é assim tão boa.

– Queres ficar tu com a casa ou queres sair? – perguntou ela.

– Fica tu com a casa.

– E o cão?

– Fica tu com o cão. – disse eu.

– Ele vai sentir a tua falta.

– Fico feliz por saber que alguém vai sentir a minha falta.

Levantei-me, meti-me no carro e arrendei a primeira casa que encontrei com um anúncio. Mudei-me nessa noite.

Tinha acabado de perder três mulheres e um cão.

BUKOWSKI, Charles. Correios, Antígona, 1971

7 thoughts on “Só um Bukowski da vida

  1. Eva Maria diz:

    Andamos a ler hein?
    Recomenda-se?😛

    • Evinha, na verdade andamos sempre a ler… Sempre na brecha, sempre na procura, como dizia o outro. Se não conheces Bukowski, acho que devias explorar, a modos que combina com o que conheço de ti.🙂

  2. Verdade diz:

    Para quem gosta dos livros do alter-ego Henry Chinaski, então vale a pena ver o filme escrito por Bukowski, Barfly, anos 80 a bombar🙂

  3. Ora bem, a um ‘post’ tão COLTURAL só posso responder:
    É a insustentável vagueza do pronome!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: